GAF

Genômica aplicada ao melhoramento genético é o próximo salto tecnológico da pecuária

A genômica aplicada ao melhoramento genético na bovinocultura é o próximo salto tecnológico da pecuária. Foi o que destacou o diretor da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Eduardo Falcão, em entrevista no Programa do Global Agribusiness Forum, no Canal Rural. De acordo com o dirigente, os avanços relacionados a esta inovação permitirão que os rebanhos produzam mais proteína, em menos tempo e recursos.

Segundo Falcão, ABCZ e Embrapa mantém acordo de cooperação técnica nesta área. Com a parceria, as duas instituições atuam para obter estimativas únicas de valor genético genômico das raças zebuínas no Brasil, o que dará importante contribuição para a qualidade da carne e para eficiência alimentar dos animais em sistemas de produção mais sustentáveis.

O dirigente ressalta que um dos resultados aguardados com o acordo é a formação de um banco de dados robusto com bases unificadas, que permitirá uniformizar as avalições genéticas das raças zebuínas brasileiras. Com isso, salienta Falcão, será possível disponibilizar informações técnicas para identificar reprodutores geneticamente superiores, com importante impulso para o melhoramento animal. Com aporte de recursos do governo federal da ordem de R$ 3,5 milhões, o projeto será desenvolvido no prazo de um ano. Atualmente existem cerca de 170 milhões de animais com genética zebuína, no Brasil.

Veja a entrevista completa no Programa do GAF. Clique aqui