GAF

GAF Academy


Investimento estrangeiro e o agronegócio: o ambiente de negócios no Brasil

Não obstante o impacto dos resultados econômicos do ano de 2013, com a divulgação do menor valor do Superavit Primário desde 2009, que ficou registrado em torno de R$ 77,072 bilhões, representando cerca de 1,6% do PIB, e ainda na baixa aderência quanto as promessas feitas pela Presidente Dilma Rousseff no Fórum Econômico Mundial, realizada em janeiro de 2014 na cidade de Davos (Suíça), acerca da austeridade fiscal e outras metas econômicas para o Brasil, o país continuará sendo uma importante opção para o investimento internacional. Neste sentido, o país tem se caracterizado por possuir as chamadas armadilhas retóricas (discursos políticos que influenciam a escolha dos eleitores e consumidores), e armadilhas econômicas (decorrentes das decisões de consumo da população influenciadas por questões políticas). Na última década, estas duas armadilhas foram reforçadas mutuamente, especialmente pelas fragilidades fiscais do país, pela deficiência na área de infraestrutura física, pela precariedade do sistema educacional e pela dificuldade de elevar a produtividade total e a competição internacional.

Para baixar os artigos, preencha os campos abaixo