PALESTRANTES

Al GoreAl Gore

Ganhador do Nobel a Paz e ex vice-presidente dos Estados Unidos da América

A relação do ex-vice-presidente dos Estados Unidos com o a ecologia é antiga, mas veio à tona para o mundo com o lançamento do documentário sobre aquecimento global “Uma Verdade Inconveniente”, em 2006, com o qual venceu o Oscar em 2007. No mesmo ano, Gore recebeu o prêmio Nobel da Paz pelos seus esforços na construção e disseminação do conhecimento sobre as alterações climáticas.

Entre as inúmeras curiosidades da sua carreira política, junto aos Democratas, está o fato de ter quase se tornado presidente dos Estados Unidos em 2000, ano no qual conseguiu em todo o país cerca de 300 mil votos a mais que seu oponente, George Bush. Mas o complexo sistema eleitoral americano e finalmente uma decisão do Supremo Tribunal, impediram sua chegada à Casa Branca.

Atualmente, se dedica a empresa Climate Project Reality, uma organização sem fins lucrativos focada em soluções para a crise climática da qual é presidente, ao canal de TV a cabo Current TV, além de integrar os conselhos das empresas Apple e Google.


 

Lawrence SummersLawrence Summers

Ex-Secretário do Tesouro dos Estados Unidos da América

O ex-secretário do Tesouro norte-americano é hoje uma das vozes mais importantes nas questões que vão da economia global ao papel dos Estados Unidos no mundo. Economista influente de sua geração, detentor de importantes premiações, Summers colaborou com os governos Clinton, Obama e foi economista-chefe do Banco Mundial.

Uma reportagem de capa da revista Time chamou Alan Greenspan e Larry Summers de "Comitê para Salvar o Mundo", em reconhecimento aos seus esforços para conter a crise financeira. Além dos cargos políticos relacionados à economia, ele foi também reitor da universidade de Harvard, de 2001 a 2006, tendo sua gestão marcada pela defesa da reforma no ensino superior.


 

Bruce BabcockBruce Babcock

Professor de Economia e CARD - Iowa State University

Diretor do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Agricultura da Universidade Estadual de Iowa, o professor Babcock vem ao longo dos anos realizando pesquisas pioneiras em diversas áreas relacionadas à agricultura, principalmente quanto ao impacto dos biocombustíveis nos mercados de commodities agrícolas.

Atualmente, lidera uma equipe que está na vanguarda da pesquisa que relaciona a produção de biocombustíveis, os preços, a oferta de alimentos, e a emissão de gases do efeito estufa. É um frequente colaborador do governo norte-americano, integrando comissões, câmaras e agências no que concerne à política agrícola.


 

John PearceJohn Pearce

Especialista Mundial em Motomecanização

Especialista mundial em mecanização agrícola, o australiano Stanley John Pearce é hoje uma das autoridades mundiais relacionadas à cana de açúcar e biocombustíveis, inclusive com um trabalho de pesquisa e consultoria estreito com o Brasil.


 

Katia AbreuKátia Abreu

Senadora e Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Senadora pelo PSD-TO e presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Kátia Abreu é uma das vozes mais atuantes na defesa do agronegócio, tendo papel crucial na defesa dos interesses dos ruralistas durante a discussão do novo Código Florestal brasileiro.

Eleita deputada em 2000, foi escolhida para presidir a bancada ruralista do Congresso Nacional, sendo a primeira mulher no país a comandá-la. Em 2009, Kátia Abreu figurou entre as cem personalidades mais influentes do Brasil numa lista publicada pela Revista Época.


 

Reinhold StephanesReinhold Stephanes

Deputado Federal e ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Nascido no Paraná, Reinhold Stephanes é economista, professor universitário e ingressou na carreira política em 1979, ao ser eleito Deputado Federal. De lá para cá exerceu inúmeros cargos políticos, sendo de maior relevância os ministérios da Previdência, do Trabalho, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Este último exercido até 2010.

Atualmente Deputado Federal pelo PSD, Stephanes é membro titular da Comissão de Finanças e Tributação; suplente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; membro titular da Comissão Mista que analisa o novo Código Florestal.


 

Luis Carlos Correa CarvalhoLuis Carlos Correa Carvalho

Presidente da ABAG

Luiz Carlos Corrêa Carvalho é engenheiro agrônomo com pós-graduação na Vanderbilt University (USA). Conhecido como “Caio”, atua desde 1983 como diretor da CANAPLAN, empresa de consultoria e projetos para o setor sucroalcooleiro. É também diretor de Relações com o Mercado das Usinas do Grupo Alto Alegre S/A e sócio da Bioagencia, empresa que comercializa etanol nos mercados interno e externo.

Caio já foi executivo de organizações públicas e privadas, entre elas a Unica – União da Indústria de cana de açúcar e atualmente é presidente da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio.


 

Mônika BergamaschiMônika Bergamaschi

Secretária de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Engenheira agrônoma, formada pela Unesp, mestre em Engenharia de Produção Agroindustrial e com MBA em Gestão de Empresas (ênfase em Cooperativismo) pela Fundace/Fearp/USP.

Atuou como secretária geral da Associação Brasileira do Agronegócio da região de Ribeirão Preto; foi diretora da Sociedade Rural Brasileira; presidente do conselho fiscal do Instituto para o Agronegócio Responsável e, em 2005, foi eleita pela revista Forbes a mulher mais influente do setor de agronegócio do país.

Desde junho de 2011, responde como Secretária de Estado de Agricultura e Abastecimento.


 

Delfim NetoDelfim Neto

Ex-ministro da Agricultura e ex-ministro da Fazenda

Economista, professor e ex-ministro da Agricultura, do Planejamento e da Fazenda, é uma das figuras mais importantes do cenário intelectual e político nacional. Como Ministro do Planejamento, na década de 80, comandou a economia brasileira durante a segunda maior crise financeira mundial do século 20.

Tem vários livros publicados sobre a economia brasileira e escreve semanalmente nos jornais Folha de S. Paulo, Valor Econômico e na revista Carta Capital. Seus artigos são também publicados regularmente em cerca de 70 periódicos em São Paulo e em vários outros Estados.


 

José GoldembergJosé Goldemberg

Ex-secretário de Ciência e Tecnologia e ex-secretário do Meio Ambiente

Professor, físico e político, é considerado uma das maiores autoridades em energia do país. Foi reitor da Universidade de São Paulo (1986 - 1990) e presidente da Sociedade Brasileira de Física (1975 – 1979).   No governo federal, ocupou a secretaria da Ciência e Tecnologia (1990 -1991), foi ministro da Educação (1991 - 1992) e secretário do Meio Ambiente (1992) durante o governo Collor. No estado de São Paulo, foi secretário do Meio Ambiente de 2002 a 2006.

Em 1995 recebeu a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico. E em 2008 o Prêmio Planeta Azul, concedido pela Asahi Glass Foundation, considerado um dos maiores da área do meio ambiente.


 

João Sampaio FilhoJoão Sampaio Filho

Presidente do COSAG-Fiesp e ex-secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

João de Almeida Sampaio Filho é economista e produtor rural, tendo estado à frente de diversas entidades ligadas ao agronegócio, como a Sociedade Rural Brasileira, durante dois mandatos. Em Janeiro de 2007 assumiu a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Cargo que exerceu até abril de 2011.

Atualmente é Presidente do COSAG – Conselho Superior do Agronegócio da FIESP, Vice-Presidente da Associação Comercial de São Paulo, Vice-Presidente Institucional da Marfrig, Diretor Executivo do Consecitrus, Conselheiro da Sociedade Rural Brasileira e membro do conselho de administração de algumas empresas privadas.


 

José Manuel Silva RodriguezJosé Manuel Silva Rodriguez

Diretor da Comissão da Agricultura e Desenvolvimento Rural da União Europeia

Natural da Espanha, José Manuel Silva Rodriguez é Diretor da Comissão da Agricultura e Desenvolvimento Rural da União Europeia. Antes de assumir tal posto, Rodriguez já havia ocupado o cargo de Diretor de Pesquisa na área de Agronomia e Desenvolvimento Rural e exerceu cargos de chefia em várias outras unidades de pesquisa da Comissão Europeia, que é o órgão executivo da UE.

Durante os anos 80, integrou a diretoria-geral de comércio exterior e políticas de comércio do Ministério de Economia e Comércio da Espanha e foi conselheiro de assuntos agronômicos na Secretaria de Estado do governo espanhol, além de professor da Escola de Engenheiros Agrícolas de Madrid.


 

Julio RamundoJulio Ramundo

Diretor do BNDES

Júlio Ramundo tem 42 anos, é economista com uma longa carreira no BNDES, onde ingressou por concurso público em 1992. Ao longo dos últimos anos, respondeu por uma série de posições executivas no Banco. Na posição atual de Diretor, é responsável pelas áreas Industrial, de Mercado de Capitais e de Capital Empreendedor, supervisiona a carteira de participações acionárias do BNDES (BNDESPAR), bem como as novas operações de funding por meio de dívida, equity, fundos de venture capital e private equity para novos empreendimentos e projetos de investimento de uma vasta gama de setores da economia. Como parte de suas atribuições, tem assento na Diretoria Executiva do BNDES. Ao longo de sua carreira técnica, Júlio representou o BNDES em vários Comitês e Grupos de Trabalho governamentais nas áreas de política industrial e inovação, em particular no setor de tecnologia da informação. Júlio foi Presidente do Conselho de Administração da Fundação de Assistência e Previdência dos Funcionários do BNDES (FAPES) e membro do Conselho de Administração da Telemar Norte Leste S/A; atualmente faz parte do Conselho de Administração da Fibria Celulose S/A. Julio graduou-se em economia pela UFRJ (1992) e possui ainda o título de MBA with distinction pela London Business School, University of London (2001).


 

Alessandro V. Arco GardemannAlessandro V. Arco Gardemann

Diretor Fundador da Geo Energética SA

Alessandro v. Arco Gardemann é Diretor Fundador da Geo Energética SA., empresa líder na geração de energias renováveis com aproveitamento de resíduos agrícolas, fundada em 2008,  a partir de P&D próprio.

Trabalhou em fusões, aquisições e administração de recursos de 2004 a 2008.


 

CesÁrio RamalhoCesário Ramalho da Silva

Presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB)

Produtor rural, presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB). No finalde 2006, então como primeiro vice-presidente, assumiu interinamente o comando da entidade no lugar de João Almeida Sampaio Filho, que fora nomeado secretário de Agricultura do Estado de São Paulo.

Em 2008, Cesario Ramalho assumiu como presidente efetivo da entidade, com mandato até 2011. No final de 2010, foi reeleito para mais um mandato, até 2013. Além de liderar a Rural, Cesario Ramalho da Silva émembro de diversos Conselhos, entre eles o da Federação das Associações Rurais do Mercosul (Farm), do Departamento de Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), do Conselho Empresarial da América Latina (CEAL), do Conselho Nacional da Indústriade Máquina (Conimaq) e da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Em 2012, assumiu a presidência da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva doMilho e Sorgo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e uma das cadeiras do recém-lançado Comitê Estratégico do Agronegócio, também vinculado ao MAPA.


 

Plínio NastariPlínio Mário Nastari

Presidente Datagro Consultoria

Plinio Nastari é presidente da Datagro Consultoria, com escritórios em São Paulo, Recife, Santos e New York, e clientes em 41 países, é mestre e doutor em economia agrícola pela Iowa State University. Foi diretor executivo e presidente do Conselho Diretor da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, membro de comitês técnicos do Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool, Comissão para Reexame da Matriz Energética, e Comissão de Energia Nacional.

Assessorou produtores, bancos, tradings e governos desde os primórdios do Proalcool no Brasil, em 1978. Durante 18 anos foi professor de micro e macro economia nos programas de graduação e pós-graduação da Fundação Getulio Vargas em S.Paulo.

Em disputas internacionais, atuou como coordenador da defesa do Brasil no caso das exportações de álcool do Brasil para os Estados Unidos, junto à Corte Internacional de Comércio em Washington, e foi o economista responsável pelos casos do açúcar, bananas e pneus contra a Uniao Européia, junto à Organização Mundial de Comércio, em Genebra.

A Datagro tem assessorado a maior parte dos investidores e bancos que tem realizado negócios em açúcar e etanol no Brasil nos últimos anos.Organizadores de conferências em New York, São Paulo e Araçatuba.


 

Maurílio BiagiMaurílio Biagi

Presidente do Grupo MAUBISA

Empresário, Presidente do Grupo MAUBISA, é membro  de diversos Conselhos, entre eles o de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República - CEDES, da Associação Brasileira de Infraestrutura e Indústria de Base- ABDIB, da Associação Brasileira de Indústrias e Máquinas – ABIMAQ, do Conselho Empresarial da América Latina - CEAL, do Conselho Superior de Meio Ambiente – COSEMA/FIESP, do Conselho Superior do Agronegócio- COSAG/ FIESP, da Câmara Americana de Comércio – AMCHAM, IMPSA e atual Presidente da Agrishow.


 

Carlos PaulinoCarlos Paulino

Carlos Alberto Paulino da Costa nasceu em Monte Santo de Minas, em 3 de junho de 1939.

Formou-se em Engenharia Agronômica na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo, em Piracicaba, em 1960. Cafeicultor atuante no sul de Minas e na região do cerrado mineiro, Carlos Paulino tem se dedicado à prática do cooperativismo desde meados da década de 80. Há 22 anos integra o Conselho de Administração da Cooxupé, cooperativa fundada em 1932, mundialmente conhecida por ser a maior em café.

Foi prefeito de Monte Santo de Minas de 1983 a 1988. Em sua cidade natal, foi presidente do Rotary Clube, e atuou como provedor da Santa Casa de Misericórdia.

Em 1995 assumiu a presidência da Agrocredi - Cooperativa de Crédito Rural dos Cafeicultores e Agropecuaristas em Guaxupé Ltda, cargo que ocupou até março de 2003, quando em Assembleia Geral Ordinária assumiu a tarefa de presidir a Cooxupé das mãos de seu fundador, dr. Isaac Ribeiro Ferreira Leite. 

Passou a integrar a Diretoria Executiva da Cooxupé ao lado do vice-presidente Carlos Augusto Rodrigues de Melo e do diretor administrativo Antonio Carlos Oliveira Martins e desde então vem atuando de forma a garantir as melhoras contínuas da cooperativa, que atualmente congrega cerca de 12.000 associados.


 

Maurílio BiagiSilas Brasileiro

Presidente executivo do Conselho Nacional do Café (CNC)

Atividade: formado em Administração de Empresas, Silas Brasileiro também é produtor rural (cultivo de grãos, pecuária leiteira e de corte, suinocultura, lavouras de café e eucalipto) e empresário (beneficiamento e comercialização de café e cereais, supermercado, farmácia, posto de combustível, hotel, restaurante, transportes e materiais para construção).

Histórico - É presidente executivo do Conselho Nacional do Café (CNC) e primeiro suplente na Câmara Federal, Casa onde foi deputado por três mandatos consecutivos - 1994 a 2006 -, além dos anos de 2009 e 2010 em razão da vacância de mandato. Em seu currículo ainda constam Secretaria Executiva do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) - maio/2007 a maio/2009 -, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA) - julho/2004 a abril/2006 - e Prefeitura Municipal de Patrocínio - janeiro/1989 a dezembro/1992.


 

Maurílio BiagiFabio Feldmann

Consultor, administrador de empresas formado pela Faculdade Getúlio Vargas em 1977 e advogado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco em 1979. Foi eleito deputado federal por três mandatos consecutivos (1986 – 1998) e atuou como Secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo entre 1995 e 1998.  Foi autor de parte da legislação ambiental brasileira, como o capítulo de meio ambiente da Constituição Federal, a Política Nacional de Educação Ambiental, a Lei de Acesso Público aos Dados e Informações Ambientais, e relator da Política Nacional de Recursos Hídricos, do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica. Em 2000 ajudou a criar o Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, do qual foi secretário executivo até o ano de 2004. Em 2005 colaborou com a criação do Fórum Paulista de Mudanças Climáticas Globais e Biodiversidade, do qual foi secretário executivo até abril de 2010. Tem participado de inúmeras organizações da sociedade civil, tanto nacionais quanto internacionais, desde o começo de sua vida profissional. Foi fundador da SOS Mata Atlântica (da qual foi também o primeiro presidente), da OIKOS, Funatura e Biodiversitas. Além disso, já atuou como membro conselheiro da CI – Conservation International, Ecological Footprint, LEAD - Leadership for Environment and Development (programa de liderança patrocinado pela Fundação Rockefeller), GRI – Global Reporting Initiative e Greenpeace Internacional e foi membro do Grupo Especial para a Rio+10 da IUCN - International Union for Conservation of Nature an Natural Resources. Como reconhecimento ao seu comprometimento com a causa ambiental, Fabio Feldmann recebeu em 1990 o Prêmio Global 500 das Nações Unidas. Faz parte do Conselho sobre Mudanças Climáticas do Deutsche Bank, Conselho do CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável, Conselho da Amigos da Terra, dentre outros. Atualmente dirige seu próprio escritório de consultoria, que trabalha fundamentalmente com questões relacionadas à sustentabilidade e desenvolvimento sustentável.


 

Maurílio BiagiLuís Roberto Poguetti

Presidente do Conselho de Administração da Copersucar

Presidente do Conselho de administração da Copersucar, maior empresa brasileira na comercialização de açúcar e etanol. Com 10 anos de experiência no setor de etanol, adquirido em cargos de direção executiva na Copersucar. Anteriormente, ocupou cargos de gerência executiva no Banco do Brasil, na Sharp e na Samsung Electronics. Graduado em Administração de empresas pela PUC-SP, com especialização em Finanças e Mestrado pela Fundação Getúlio Vargas.


 

Maurílio BiagiWesley Mendonça Batista

Presidente e Diretor Executivo - JBS S/A Operações Globais

Wesley Mendonça Batista tornou-se Presidente e Diretor Executivo de Operações Globais da JBS S/A em 1º de fevereiro do ano passado. Coordenando uma força de trabalho de mais de 125 mil pessoas, Wesley exercita sua especialidade em integrar diversas operações de produção e comerciais no sector de proteína ao redor do mundo em uma organização com receita aproximada de US$ 30 bilhões no ano passado.

Anteriormente ao seu atual cargo, O Sr. Batista foi Presidente e Diretor Executivo da JBS USA onde acompanhou o crescimento e desenvolvimento do mercado americano após a aquisição inicial da Swift & Company em Greeley, Colorado, em 2007. Sob seu comando, a JBS USA mais que dobrou seu faturamento nos últimos 4 anos, adquirindo os negócios da empresa Smithfield Beef, as operações da JBS Five Rivers Feedlot, uma participação acionária na Pilgrim’s Pride, e também expandiu a operação australiana adquirida como parte do legado dos negócios da Swift.

Nos últimos quinze anos, o Sr. Batista tem exercido a função de Diretor Operacional das operações bovinas da  JBS no Brasil e na Argentina. Devido à sua determinação e espírito intuitivo, o negócio registrou um crescimento médio de 30% por ano sob seu comando, resultando no maior produtor e exportador de carne bovina da América Latina.

Através de sua experiência profissional atuando em diversas áreas da empresa, Wesley desenvolveu um grande apego pelo coração e a alma dos negócios da JBS, suas pessoas e suas diversas operações. Ele desenvolveu-se na indústria bovina, que o ajudou não somente entender o setor, mas também abraçar o negócio e os funcionários.

O Sr. Batista é membro da diretoria da Pilgrim’s pride (negociada na Bolsa de Valores de Nova York) e da JBS S/A (negociada na Bolsa de Valores de São Paulo) e é reconhecido como um dos executivos mais respeitados na indústria global de proteína animal.


 

Pedro de Camargo NetoPedro de Camargo Neto

Pecuarista e agricultor é também Presidente da ABIPECS Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína desde 2004.

Foi Secretário de Produção e Comercialização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de 2000 a 2002. Fundador e Presidente do FUNDEPEC Fundo de Desenvolvimento da Pecuária do Estado de São Paulo de 1991 a 2000. Foi Presidente da Sociedade Rural Brasileira 1990 a 1993.

É Doutor em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo-1981. Master of Science pelo Massachusetts Institute of Technology - 1974. Engenheiro Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - 1972.


 

Henrique MeirellesHenrique Meirelles

Henrique Meirelles é, desde março de 2012, presidente do Conselho Consultivo da J&F, holding que controla as empresas JBS, Flora e Eldorado entre outras. É membro do Conselho de Administração da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.
 
Henrique Meirelles foi presidente do Banco Central do Brasil de janeiro de 2003 a dezembro de 2010.

Antes dessas posições, foi presidente global do FleetBoston, instituição para a qual entrou em 1974. Foi também membro dos Conselhos de Administração da Raytheon Corporation, Besfoods, Champion International, BankBoston Corporation e FleetBoston Financial. Participou ainda do Conselho Consultivo da Harvard Kennedy School of Government, da Sloan School of Management do Massachussets Institute of Technology (MIT) e da Carroll School of Management do Boston College.

Henrique Meirelles é ainda fundador e presidente da Associação Viva o Centro, que atua desde os anos 1990 pela revitalização do centro da cidade de São Paulo.

Em 2002 foi eleito o deputado Federal mais votado no estado de Goiás.


Antonio Carlos M. GuimarãesAntonio Carlos M. Guimarães

Antonio é graduado pela USP em Engenharia Civil (1978), com Mestrado em Finanças pela Escola de Administração Getúlio Vargas (1992) e participou do Programa Internacional do INSEAD (2003). Desde 1999, trabalha na Syngenta e como Chefe Regional para a América Latina (faturamento de US$ 4 bilhões) durante os últimos 8 anos. Anteriormente, durante os 05 anos anteriores, foi Presidente Financeiro para a América Latina e Presidente Financeiro para o Brasil da Syngenta, localizada na cidade de São Paulo. Antes disso, durante 06 anos, trabalhou como Presidente Financeiro para o Brasil, na Louis Vuitton Moet Hennessy (LVMH), uma importante multinacional francesa de produtos de consumo de luxo. Também inclui em sua trajetória profissional 08 anos de experiência em uma empresa líder no segmento de fertilizantes, como Chefe de SI e 08 anos trabalhando como engenheiro civil na qualidade de Desenvolvedor de Sistemas. É casado com Cecília e tem dois filhos: Fernanda e Raphael.


Julio Fontana NetoJulio Fontana Neto

Atual Presidente da Rumo Logística, Julio Fontana possui mais de 25 anos de bem-sucedida experiência em posições de liderança e como principal executivo em empresas nacionais e multinacionais de médio e grande portes dos segmentos Metalúrgico, Siderúrgico, Infra-estrutura e Logística.

Formado em Engenharia Mecânica e também em Administração pela Universidade Mackenzie, com MBA pelo EISE Business School - Universidade de Navarra - Espanha, o executivo ainda acumula - em sua dinâmica carreira profissional, a presidência por duas gestões da Associação dos Transportadores Ferroviários e por três anos do Sindicato Nacional dos Transportadores Ferroviários.

Atualmente, atua como vice-presidente da seção ferroviária da Confederação Nacional de Transportes e desde 2005 é membro do conselho de Infra-estrutura da FIESP, concomitantemente com os seus afazeres como Presidente da Rumo Logística.


José RezendeJosé Rezende

Sócio

José Rezende possui 27 anos de experiência na prestação de Serviços de auditoria e consultoria , sendo 15 anos como sócio de PricewaterhouseCoopers Brasil. Rezende atua na prática de “Governance, Risk & Controls” e lidera o segmento de Agribusiness da PwC e o Centro PwC de Serviços em Agribusiness sediado em Ribeirão Preto-SP.

Rezende é graduado em Ciências Contábeis, Pós-Graduado em Administração Financeira e possui mestrado (Stricto Sensu) em Agroenergia pela FGV / Embrapa / ESALQ. É membro da ABAG (Associação Brasileira de Agronegócio) e do IAMA (International Agribusiness Management Association), diretor executivo da ABMR&A (Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio) e produtor rural.


Alexandre FigliolinoAlexandre Figliolino

- Licenciatura em Agronomia ( ESALQ – USP,1980 )
- Mestrado em Administração de Empresas ( FGV-EAESP, 1988 e IBMEC,1993 )
- Iniciou no Banco BBA Creditanstalt em 1992. Desde 1996 atua como Diretor Regional, responsável pelo interior de São Paulo. Atualmente desempenha essa função no Banco Itaú BBA S.A.


Erasmo Carlos BattistellaErasmo Carlos Battistella

Formação: Agrícola e Administrativa Experiência

Profissional:
- Atua no segmento de varejo de combustível há mais de 15 anos
- Diretor Presidente BSBIOS
- Presidente da APROBIO Associação Produtores de Biodiesel do Brasil
- Presidente da ABRASCANOLA
- Associação Brasileira dos Produtores de Canola
- Membro da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Oleaginosas e Biodiesel
- Membro do Conselho da Competitividade – Energias Renováveis - Vice-Presidente Sindibio- RS


Osmar RoncolatoOsmar Roncolato Pinho

Nascido em 6.8.1953. Técnico em Contabilidade. Formado em Direito pela UNIFIEO - Centro Universitário FIEO. Iniciou a carreira em fevereiro de 1974, na Gráfica Bradesco Ltda. Em junho de 1991, passou a ocupar o cargo de Superintendente Executivo no Banco Bradesco S.A. e, em outubro de 2008, foi eleito Diretor, cargo que ocupa atualmente. É Presidente da Felalease - Federação Latino-Americana de Leasing; Diretor-Presidente da ABEL - Associação Brasileira das Empresas de Leasing; Diretor Vice-Presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Arrendamento Mercantil (Leasing), tendo ocupado anteriormente o cargo de Diretor; Membro Suplente do Conselho de Administração da CIBRASEC - Companhia Brasileira de Securitização e da Estruturadora Brasileira de Projetos S.A. - EBP; Membro Suplente do Conselho Gestor do Fundo Garantidor Habitacional - CGFGH; Vice-Presidente Efetivo da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança - ABECIP, tendo sido Coordenador da Comissão Consultiva das Entidades Privadas Captadoras de Recursos de Poupança; e Membro do Conselho de Representantes da Confederação Nacional das Instituições Financeiras - CNF. Foi Diretor-Presidente da ABRAFORM - Associação Brasileira dos Fabricantes de Formulários Contínuos; Membro Suplente do Conselho Fiscal e Diretor Primeiro-Secretário da Caixa Beneficente dos Funcionários do Bradesco; Diretor Técnico da Digilab - Laboratório Digital; Diretor Setorial Adjunto da Comissão de Produtos de Financiamento da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), tendo ocupado anteriormente o cargo de Diretor Setorial de Crédito Imobiliário e Poupança; Membro Suplente do Conselho Fiscal do Banco BEC S.A.; Membro Suplente no Conselho do Agronegócio - CONSAGRO, como representante da FEBRABAN; Membro Suplente do Conselho Fiscal da Boavista Prev - Fundo de Pensão Multipatrocinado; Membro Efetivo do Conselho Fiscal da Bradespar S.A., tendo sido Membro Suplente; e Membro Suplente do Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional - CRSFN.


Guilherme NastariGuilherme Nastari

Diretor de Novos Projetos, DATAGRO, desde 2006. Diretor da Associação de Exportadores de Açúcar e Álcool (AEXA), desde 2009. Desde 2006, participou como consultor de diversos projetos de consultoria dos mercados de açúcar e etanol pela DATAGRO. Sendo que os principais clientes são produtores de áçúcar, etanol, biodiesel, trading companies, bancos, distribuidores de combustível, governos e ONGs.   Mestrado em Agroenergia, e e Formado em Economia.


André DiasAndré Dias

Presidente da Monsanto no Brasil

André Dias é o Presidente da Monsanto no Brasil desde 2008.

A Monsanto emprega ao redor de 2500 funcionários em 44 localidades espalhadas pelo país.

A Monsanto foi nomeada uma das “Cem Melhores Empresas para se trabalhar” pelo 13o ano consecutivo.

André ingressou na Monsanto em 1991 e ocupou várias posições de crescente responsabilidade ao longo de sua carreira, incluindo o cargo de Diretor de Vendas Brasil. 

Em 2004 foi transferido para os Estados Unidos como Diretor de Marketing e Estratégia para a Área de Negócios Comercial Internacional.

Em 2006 mudou-se para Cingapura para assumir o cargo de Líder de Negócios para o Sudeste da Ásia e em 2007 foi nomeado Líder para a região Ásia Pacífico.

Andre é formado em Engenharia Aeronáutica pelo ITA e possui Pós Graduação pela Fundação Getúlio Vargas.
Cursou também o Programa de Desenvolvimento Executivo no Instituto Kellogg nos Estados Unidos.


Robert HoffRobert Hoff

Ministro Conselheiro para Assuntos de Agricultura, FAS USDA, U.S. Embaixada dos Estados Unidos, Brazil

Robert K. Hoff é Californiano, nascido em San Diego. Bob é Bacharel em Artes pela Universidade de Yale, e possui  mestrado em economia e MBA pela Universidade do Texas, em Austin. Ele começou a trabalhar para o Governo dos EUA em 1985 e desde 1987 está no Serviço Exterior de Agricultura (FAS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Atualmente ele serve como Ministro Conselheiro para Assuntos de Agricultura da Embaixada dos EUA em Brasília.

Bob começou sua missão no exterior com uma turnê de três anos como Adido Agrícola em Moscou, Federação Russa, entre 1992 a 1995. Em seguida,  foi para São Paulo, Brasil, entre 1995-1998, período no qual abriu o Escritório de Comércio Agrícola. Entre 1998 e 2003, Bob trabalhou em Washington como Diretor da Área do Hemisfério Ocidental do FAS/USDA. Em 2003, Bob serviu por quatro anos como Conselheiro Agrícola na Embaixada dos Estados Unidos em Buenos Aires, Argentina, onde também foi responsável por programas do USDA no Uruguai e Paraguai. De 2007 a 2011, Bob foi Conselheiro Agrícola na Cidade da Guatemala, onde foi responsável por  programas do USDA em El Salvador, Honduras, Belize e Guatemala. Ele é casado com a Dra. Matilde Maisterrena, uma veterinária nascida em Buenos Aires.


Milton XavierMilton Xavier

Graduação e Mestrado em Administração de Empresas pela FGV.

Curso de Doutorado em Economia na FEA/USP. Tese não concluída.

Toda experiência profissional concentrada na área de Planejamento Regional de Transportes, envolvendo estudos de demanda, economia dos transportes, sistemas multimodais, estudos de viabilidade técnico-econômica de projetos de infraestrutura de transportes.

Atuou no Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo tendo chegado a Diretor da Divisão de Tecnologia de Transportes.

Após atuar por vários anos no desenvolvimento de estudos e projetos de transportes no setor privado, assumiu em 1999 a Diretoria de Planejamento de Transportes da Secretaria de Transportes do Estado de São Paulo.

Durante este período, o principal trabalho foi o desenvolvimento do Plano Diretor de Desenvolvimento dos Transportes – o PDDT que constitui a principal ferramenta de planejamento Estratégico da Secretaria dos Transportes para o setor no Estado de São Paulo.

Atualmente coordena o desenvolvimento do Plano Diretor de Logística e Transportes – PDLT 2010/2030.


Antonio Cesar SalibeAntonio Cesar Salibe

É engenheiro agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo - Esalq/USP;

Mestre em Comunicação Social pela Universidade Paulista – Unip;

É presidente executivo da UDOP – União dos Produtores de Bioenergia;

É coordenador do Escritório Regional da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, em Araçatuba/SP;

É chefe da Estação Experimental de Cana-de-Açúcar da UFSCar em Valparaíso, tendo contribuído para a implantação do PróAlcool na região de Araçatuba/SP.

É conselheiro da STAB – Sociedade dos Técnicos Açucareiros e Alcooleiros do Brasil;

É Membro do Conselho Industrial da CIESP – Centro das Indústrias de São Paulo.


Pedro Pullen ParentePedro Pullen Parente

Presidente e CEO da Bunge Brasil

Pedro Parente, 59 anos, é engenheiro de formação (UnB) e executivo com 40 anos de carreira profissional, sendo 32 anos no setor público e os últimos oito anos no setor privado.

Exerceu o cargo de Vice-Presidente Executivo (COO) do Grupo RBS de janeiro de 2003 até dezembro de 2009. É presidente do Conselho da Unica (União das Indústrias de cana-de-açúcar) e também membro dos Conselhos da BMF&Bovespa, Amcham e SBR.

No setor público, Parente ocupou diversos cargos na área econômica do Governo ao longo de sua carreira. Foi também consultor do Fundo Monetário Internacional e de instituições públicas no País, entre as quais Secretarias de Estado e a Assembléia Nacional Constituinte de 1988.

Foi Ministro de Estado, entre 1999 e 2002, tendo sido o coordenador da equipe de transição do Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso para o Presidente Lula. Outra atuação destacada de Parente, neste período, foi a de Presidente da Câmara de Gestão da Crise de Energia de 2001 a 2002.


Ricardo VellutiniRicardo Vellutini

Engenheiro Químico pela Escola de Engenharia Mauá, com mais de 30 anos de carreira na DuPont, onde atuou em diversas áreas e negócios.

Representante da Indústria Brasileira junto à delegação do Itamarati reponsável pela
negociação do Protocolo de Montreal e consultor da UNEP- “United Nations Environment Program” para a implementação de tecnologias de substituição dos CFCs.

De 89 a 91, foi responsável pelo programa de alocação de produção de CFCs na matriz da DuPont, em Wilmington, Delaware.

Em 94, assumiu a Diretoria da divisão Agrícola da DuPont do Brasil, e em 96 a Diretoria
Agrícola para França e Benelux, sediado em Paris.

Foi Diretor Global de vendas de defensivos agrícolas e, atualmente, é Presidente da DuPont do Brasil e Vice-Presidente da Divisão Agrícola para a América Latina.

Participou dos Conselhos da ANDEF, UIPP (Associação Francesa de Defensivos Agrícolas) e ABIQUIM.

Foi Presidente da “Crop Life Latin America” e da Integrare, ONG focada em adquirir produtos e serviços de grupos considerados minoritários.


Flávio Lucas de Menezes SilvaFlávio Lucas de Menezes Silva

Graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie; Especialista em Direito Ambiental pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Mestre em Direito Civil pela Universidade de São Paulo; Doutor em Direito Comercial pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É sócio fundador do escritório Menezes Advogados, com sede em São Paulo e com escritórios em Brasília, Rondônia, Portugal e Itália, atuando em todas as áreas do Direito, com especialidade na Área de Meio Ambiente. É membro da Associação dos Advogados de São Paulo, membro do CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, Presidente do Comitê de Estudos sobre Mercado de Carbono da Ordem dos Advogados de São Paulo – OAB/SP e Diretor Jurídico da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Carbono – ABEMC. Ofereceu consultoria jurídica para a implementação do primeiro projeto de MDL – Mecanismo de Desenvolvimento Limpo nos moldes do Protocolo de Quioto (ERPA – Emissions Reduce Purchase Agreement) registrado no Brasil. Acompanhou a delegação brasileira durante as mais importantes Conferências Internacionais (COP/MOP) realizadas no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima e do Protocolo de Quioto. É membro da Comissão de Estudo Especial de Mercado Voluntário de Carbono e da Comissão de Estudo Especial de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação - REDD, ambas da ABNT. Participou do desenvolvimento do Projeto de REDD da Reserva Juma na Amazônia, prestando consultoria jurídica e técnica através de avaliações e estudos da região para adequação dos projetos e metodologias. Presta consultoria no desenvolvimento de leis e políticas climáticas para entes públicos e empresas privadas.


 

 

Patrocínio:
BradescoLuft Logistics

Apoio:
Geo EnergéticaCooxupéMenezes Advogados Cooxupé TOTVSChubb SegurosFord

Curadoria:   Apoio Institucional:
Datagro ABAGSociedade Rural BrasileiraConselho Nacional do CaféAprobio

Media Partners:  
TerraTerraBand NewsTerra VivaPanorama RuralCanaMixRevista A GranjaRevista AG Evento Neutro